Porque as passagens aéreas são tão caras no Brasil?
22/12/2017 Comentarios 0 701 Visualizacoes

Porque as passagens aéreas são tão caras no Brasil?

Recentemente acessamos a hashtag #QUEROVOAR do site da ABEAR, Associação Brasileira das Empresas Aéreas e verificamos alguns assuntos bem interessantes que estão relacionados aos preços das passagens aéreas, a tributação que é cobrada no Brasil, sobre infraestrutura nos aeroportos, a competitividade das empresas Azul, Latam, Gol e Avianca que são as grandes do país e muitos outros assuntos.

E entre estes, o que mais nos chamou a atenção foi o tema deste artigo. O porquê das passagens aéreas no Brasil serem tão caras. E a resposta a grosso modo nós já imaginávamos, o preço dos Combustíveis no país. A recuperação da crise, a recuperação de rombos orçamentários, a forma de cobrir a roubalheira, pagar os altos salários dos políticos e tudo que possa “melhorar” os cofres públicos se resume em aumento no preço dos combustíveis. Todos sofrem, a tributação é altíssima, os preços são exorbitantes e quem sempre paga é o pobre consumidor final.

Nas companhias aéreas não é diferente, o combustível que abastece as aeronaves no Brasil é o mais alto do mundo. Valores que refletem diretamente no preço final das passagens aéreas e que a cada ano custam mais caros, mesmo com novas regras, como foi o caso da “regra das bagagens”, um assunto bem discutido neste último ano de 2016 e 2017. A previsão é de que os preços irão cair, mas no final das contas eles não baixam e as vezes ficam até mais caros, justamente pela alta dos combustíveis.

A seguir estaremos falando um pouco mais como funciona o preço dos combustíveis e outros principais fatores por deixar sempre as passagens aéreas mais caras.

Um dos principais fatores por deixar as passagens aéreas caras é o COMBUSTÍVEL

O combustível de avião no Brasil é um dos mais caros do mundo. Isso principalmente pela fórmula de precificação que é adotada pela nossa querida Petrobras, onde os valores são todos repassados para as companhias aéreas. Antigamente praticamente todo o combustível usado por aeronaves no Brasil era importada, o que até “justificava” os preços mais altos, pois a compra era feita com moeda estrangeira, na qual o Real sempre era mais baixo do que tal moeda, sem contar os custos com transportes e também o pagamento de taxas.

Mas atualmente o Brasil produz mais de 80% do combustível que é consumido por aqui. Ai você pode pensar, “-Então agora os valores são mais baixo, e porque os valores das passagens aéreas são tão caras?” O pensamento está certo, mas a realidade é que as regras ainda são do tempo em que se importava combustível. Esta é a chamada fórmula de precificação, que continua a mesma. Com ela, o preço final está sujeito aos valores do câmbio, variações do dólar e também toda a inclusão de tributos sem sentido. Os valores são tão absurdos que em alguns aeroportos os valores chegam a ser 50% mais caro do que fora do país.

Atualmente o maior custo das companhias aéreas é em relação ao combustível, inclusive as novas regras de bagagem, foram justamente para evitar o peso desnecessário e “economizar” combustível durante os voos. O preço base é o mais caro em relação a média de outros países, onde a fórmula de precificação do produtor e importador (no caso a Petrobras), além é claro do PIS/COFINS que são inclusos na fórmula. Os valores são ainda mais altos nos voos domésticos (voos nacionais), pois além da tributação “normal”, ainda são cobrados as alíquotas de ICMS, referente a cada um dos estados, que pode variar de 12 a 25%. Você pode notar, um voo para o nordeste saindo de praticamente todos os estados do Brasil, quase sempre é mais caro do que ir para o Uruguai, Paraguai, Chile, Argentina e outros destinos internacionais.

preco passagens aereas caros

Toda essa tributação deixa os voos nacionais bem mais caros. A diferença de preço é ainda maior quando a viagem é feita para uma cidade que não seja a capital. A fórmula de precificação influencia até nisto, por isso a recomendação é sempre analisar se compensa ou não um voo até a capital e de lá um transporte rodoviário até o destino final.

Além do tributo PIS/CONFINS e os valores de “importação” (Hoje vamos usar muitas aspas para ironizar), o ICMS é uma das taxas que está diretamente ligado aos valores das passagens aéreas de cada estado. O ICMS é cobrado sobre combustíveis que são usados em voos domésticos e como citamos, a taxa é de 12 a 25%. Com uma taxa de 20%, por exemplo, uma passagem aérea que era pra custar 100 reais, custa 120 reais. Uma que era pra custar 500, custa 600 e assim vai.

Sozinho, o ICMS “come” 8% de todos os custos de uma companhia aérea brasileira. Os combustíveis também influenciam nas rotas do país, pois em alguns estados a cobrança do ICMS é mais elevada, como é o caso de São Paulo, onde é cobrado o teto de 25%. Para diminuir os custos, o foco das empresas são as capitais e também estados onde a cobrança é menor, apesar de boa parte das viagens serem para São Paulo e Rio de Janeiro.

Confira como funciona o preço das passagens nas aeronaves.

Outros gastos das companhias aéreas que deixam os preços lá em cima

Mesmo em tempos de “crise”, as tributações são elevadas a todo instante. Por isso outros gastos acabam deixando os preços das passagens aéreas ainda mais altos, além é claro do grande vilão chamado COMBUSTÍVEL. As empresas aéreas pagam taxas sobre:

  • Comunicação
  • Navegação aérea
  • Balcões de Check in
  • Funcionários
  • Uso das pistas de pousos e decolagens
  • Estacionamento das aeronaves
  • E o uso das áreas de manutenção

Sem contar é claro, com as manutenções nas aeronaves, que precisam voar em perfeito estado.

Em números, nos últimos dois anos, a taxa de navegação foi reajustada em 72,8%. Em aeroportos que agora fazem parte da iniciativa privada, os valores sobre operações superou 180% de aumento. Em área de movimentação de cargas e manutenções, os reajustes já superam os 350%.

Devemos lembrar também, que deste então a tão temida inflação subiu 12,13%, valor que é repassado também para o consumidor.

Lembrando que estes são os motivos grandes e principais, mas no Brasil, as companhias aéreas e outras empresas também enfrentam dezenas de “pequenos” motivos, que ao serem somados também viram um GRANDE repasse ao consumidor, o famoso “…Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come…”

Todos os números desta publicação podem ser observados no site da ABEAR, querovoar.abear.com.br/#fatos. É um site bem interessante para acompanhar as novidades da aviação brasileira, principalmente neste quesito de valores.

E você o que acha disso tudo? Deixe seus comentários e compartilhe com seus amigos.

Anterior Verão 2018 promocional Azul, as melhores passagens aéreas
Proximo Saldão com passagens aéreas promocionais de reveillon 2019

Sobre o autor

Voce provavelmente vai gostar

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Juiz no Maranhão perde voo TAM e da voz de prisão a funcionários

Mais uma notícia do mundo aéreo para você leitor do voopassagensaereas.com.br, onde um juiz da cidade de Senador La Roque no estado do Maranhão chamado Marcelo Testa Baldochi, deu voz de… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Curitiba terá voos Internacionais para Miami e tem passagens a US$ 599

A  companhia aérea American Airlines fez seu voo inaugural de Curitiba para Miami neste dia 22 de novembro de 2013, e todos os seus 212 assentos cedidos para essa viagem… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Passagens rodoviárias em promoção

Está pretendendo realizar uma viagem de ônibus neste ano? Andou comparando os trechos com valores entre passagens aéreas e passagens rodoviárias e descobriu que para a cidade onde deseja ir,… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Hoteis e pousadas em promoção 2015

Pensando em viajar em 2015, já encontrou as passagens e voos promocionais mas não sabe onde irá se hospedar? Não se preocupe, hoje estaremos apresentando algumas das melhores promoções de… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Vai viajar para fora? Saiba como funciona o Dolar

O dólar é a moeda que rege o mundo, bom pelo menos para nós brasileiros é, e quando estamos prestes a realizar viagens internacionais para destinos onde o dollar é… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Aeroporto de Congonhas volta a ter voos para o Nordeste

Ano passado o aeroporto de Congonhas (CGH) em São Paulo estava com uma restrição de voos para qualquer destino que ultrapassasse 1500 km, ou seja, os voos das companhias aéreas… Leia mais

0 Comentarios

Nenhum comentario aqui!

Voce pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.