Porque as passagens aéreas são tão caras no Brasil?
22/12/2017 Comentarios 0 136 Visualizacoes

Porque as passagens aéreas são tão caras no Brasil?

Recentemente acessamos a hashtag #QUEROVOAR do site da ABEAR, Associação Brasileira das Empresas Aéreas e verificamos alguns assuntos bem interessantes que estão relacionados aos preços das passagens aéreas, a tributação que é cobrada no Brasil, sobre infraestrutura nos aeroportos, a competitividade das empresas Azul, Latam, Gol e Avianca que são as grandes do país e muitos outros assuntos.

E entre estes, o que mais nos chamou a atenção foi o tema deste artigo. O porquê das passagens aéreas no Brasil serem tão caras. E a resposta a grosso modo nós já imaginávamos, o preço dos Combustíveis no país. A recuperação da crise, a recuperação de rombos orçamentários, a forma de cobrir a roubalheira, pagar os altos salários dos políticos e tudo que possa “melhorar” os cofres públicos se resume em aumento no preço dos combustíveis. Todos sofrem, a tributação é altíssima, os preços são exorbitantes e quem sempre paga é o pobre consumidor final.

Nas companhias aéreas não é diferente, o combustível que abastece as aeronaves no Brasil é o mais alto do mundo. Valores que refletem diretamente no preço final das passagens aéreas e que a cada ano custam mais caros, mesmo com novas regras, como foi o caso da “regra das bagagens”, um assunto bem discutido neste último ano de 2016 e 2017. A previsão é de que os preços irão cair, mas no final das contas eles não baixam e as vezes ficam até mais caros, justamente pela alta dos combustíveis.

A seguir estaremos falando um pouco mais como funciona o preço dos combustíveis e outros principais fatores por deixar sempre as passagens aéreas mais caras.

Um dos principais fatores por deixar as passagens aéreas caras é o COMBUSTÍVEL

O combustível de avião no Brasil é um dos mais caros do mundo. Isso principalmente pela fórmula de precificação que é adotada pela nossa querida Petrobras, onde os valores são todos repassados para as companhias aéreas. Antigamente praticamente todo o combustível usado por aeronaves no Brasil era importada, o que até “justificava” os preços mais altos, pois a compra era feita com moeda estrangeira, na qual o Real sempre era mais baixo do que tal moeda, sem contar os custos com transportes e também o pagamento de taxas.

Mas atualmente o Brasil produz mais de 80% do combustível que é consumido por aqui. Ai você pode pensar, “-Então agora os valores são mais baixo, e porque os valores das passagens aéreas são tão caras?” O pensamento está certo, mas a realidade é que as regras ainda são do tempo em que se importava combustível. Esta é a chamada fórmula de precificação, que continua a mesma. Com ela, o preço final está sujeito aos valores do câmbio, variações do dólar e também toda a inclusão de tributos sem sentido. Os valores são tão absurdos que em alguns aeroportos os valores chegam a ser 50% mais caro do que fora do país.

Atualmente o maior custo das companhias aéreas é em relação ao combustível, inclusive as novas regras de bagagem, foram justamente para evitar o peso desnecessário e “economizar” combustível durante os voos. O preço base é o mais caro em relação a média de outros países, onde a fórmula de precificação do produtor e importador (no caso a Petrobras), além é claro do PIS/COFINS que são inclusos na fórmula. Os valores são ainda mais altos nos voos domésticos (voos nacionais), pois além da tributação “normal”, ainda são cobrados as alíquotas de ICMS, referente a cada um dos estados, que pode variar de 12 a 25%. Você pode notar, um voo para o nordeste saindo de praticamente todos os estados do Brasil, quase sempre é mais caro do que ir para o Uruguai, Paraguai, Chile, Argentina e outros destinos internacionais.

preco passagens aereas caros

Toda essa tributação deixa os voos nacionais bem mais caros. A diferença de preço é ainda maior quando a viagem é feita para uma cidade que não seja a capital. A fórmula de precificação influencia até nisto, por isso a recomendação é sempre analisar se compensa ou não um voo até a capital e de lá um transporte rodoviário até o destino final.

Além do tributo PIS/CONFINS e os valores de “importação” (Hoje vamos usar muitas aspas para ironizar), o ICMS é uma das taxas que está diretamente ligado aos valores das passagens aéreas de cada estado. O ICMS é cobrado sobre combustíveis que são usados em voos domésticos e como citamos, a taxa é de 12 a 25%. Com uma taxa de 20%, por exemplo, uma passagem aérea que era pra custar 100 reais, custa 120 reais. Uma que era pra custar 500, custa 600 e assim vai.

Sozinho, o ICMS “come” 8% de todos os custos de uma companhia aérea brasileira. Os combustíveis também influenciam nas rotas do país, pois em alguns estados a cobrança do ICMS é mais elevada, como é o caso de São Paulo, onde é cobrado o teto de 25%. Para diminuir os custos, o foco das empresas são as capitais e também estados onde a cobrança é menor, apesar de boa parte das viagens serem para São Paulo e Rio de Janeiro.

Confira como funciona o preço das passagens nas aeronaves.

Outros gastos das companhias aéreas que deixam os preços lá em cima

Mesmo em tempos de “crise”, as tributações são elevadas a todo instante. Por isso outros gastos acabam deixando os preços das passagens aéreas ainda mais altos, além é claro do grande vilão chamado COMBUSTÍVEL. As empresas aéreas pagam taxas sobre:

  • Comunicação
  • Navegação aérea
  • Balcões de Check in
  • Funcionários
  • Uso das pistas de pousos e decolagens
  • Estacionamento das aeronaves
  • E o uso das áreas de manutenção

Sem contar é claro, com as manutenções nas aeronaves, que precisam voar em perfeito estado.

Em números, nos últimos dois anos, a taxa de navegação foi reajustada em 72,8%. Em aeroportos que agora fazem parte da iniciativa privada, os valores sobre operações superou 180% de aumento. Em área de movimentação de cargas e manutenções, os reajustes já superam os 350%.

Devemos lembrar também, que deste então a tão temida inflação subiu 12,13%, valor que é repassado também para o consumidor.

Lembrando que estes são os motivos grandes e principais, mas no Brasil, as companhias aéreas e outras empresas também enfrentam dezenas de “pequenos” motivos, que ao serem somados também viram um GRANDE repasse ao consumidor, o famoso “…Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come…”

Todos os números desta publicação podem ser observados no site da ABEAR, querovoar.abear.com.br/#fatos. É um site bem interessante para acompanhar as novidades da aviação brasileira, principalmente neste quesito de valores.

E você o que acha disso tudo? Deixe seus comentários e compartilhe com seus amigos.

Anterior Verão 2018 promocional Azul, as melhores passagens aéreas
Proximo Saldão com passagens aéreas promocionais de reveillon 2019

Sobre o autor

Voce provavelmente vai gostar

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

American Airlines mudou política de stopover

A companhia aérea American Airlines a partir deste finalzinho de março de 2014 resolveu realizar algumas alterações na política de stopover da empresa, e a notícia pode ser ótima para… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Por US$ 100 milhões a Azul fecha a compra de 40% da TAP

A nossa querida companhia aérea Azul está crescendo cada dia mais. Agora além das rotas para os Estados Unidos, a companhia acaba de adquirir 40% do capital da companhia aérea… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Ampliação da cobertura de seguros em viagens internacionais

A mudança nas regras de cobertura que seriam aplicadas a partir do último dia 26 de setembro, foram adiadas para 2016 segundo a Superintendência de Seguros Privados. Uma notícia não… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

GOL tem autorização para realizar 14 voos semanais a Santiago Chile

Esta semana a empresa aérea GOL recebeu autorização, com informações divulgadas no Diário Oficial do Governo Federal, a autorização para realizar 14 voos semanais para a cidade de Santiago no… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Conheça os 10 melhores aplicativos Android para uma Viagem

Nos dias atuais é muito difícil alguém viajar sem levar o seu smartphone Android ou IOS no bolso, para tirar fotos do local de destino, ligar para os entes queridos,… Leia mais

Dicas e Noticias Aereas 0 Comentarios

Nova rota da Azul – De Porto Alegre para Florianópolis

A Azul a partir deste dia primeiro de setembro de 2015 está com uma nova rota entre os aeroportos de Porto Alegre, Salgado Filho (POA) e Florianópolis, Hercílio Luz (FLN),… Leia mais

0 Comentarios

Nenhum comentario aqui!

Voce pode ser o primeiro a comentar este post!

Escreva uma resposta